segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Ao Deus ilimitado, Glórias!

Não é muito ter um pouco de confiança, pelo menos um pouco, Naquele que deu o Seu próprio filho por aqueles que criou.
Pensar em nosso mundo, pensar na grandeza do universo.
Considerar os detalhes de coisas grandes e pequenas.
Grandes ou pequenas, Aleluia!
Quanta riqueza, quanta diversidade.
Pessoas confusas querem explicar tudo, são confusas porque desprezam a consideração da possibilidade que Deus existe; andam em círculos.
Seres limitados querendo entender o mundo sem o ilimitado Deus.
O ser humano não ve limites para si, pensa que a sua evolução nunca terá fim, mas não aceita
um Deus que é ilimitado.
A bondade de Deus aguarda, alguns reconhecerão.
Louvado seja Deus por Sua longanimidade.
A vontade de Deus sempre prevalecerá.
A graça que está no Seu amor sempre prevalecerá.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Deus é amor.

A vida vai passar.
Eu vou passar, eu sei.
Frágeis e fortes passarão.
A flôr e o beija-flôr.
Tudo passará.
As palavras de Jesus me convenceram.
Vida eterna.
Para mim e para você; já!
Ele me tocou.
Senti a Sua ternura.
Vou seguí-Lo onde for.
Seguirei.
Tento imaginar situações que O impediriam de me amar; e não consigo.
Nada absolutamente O impediu, nem O impedirá de me amar.
Avalio minhas atitudes e as Dele e concluo:
ELE é Maravilhoso! Aleluia!
Ele se mantém sempre perto.
Em meu espírito, Paz.
Nunca deixarei de seguí-lo.
Ele me diz a cada manhã: Te amo!
Quando respiro, lembro-me Dele.
Olho a criação e O admiro.
Como não dizer que O amo?
No sentido das Suas palavras o meu espírito descansa.
Seguí-lo não me cansa.
Além de amar, Ele é o próprio amor.
No caminho da minha alma, o objetivo de seguí-lo.
Todo o meu ser clama: Segue-O.
Aleluia!
Seguirei!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Uma parte da vida.

Mazelas e dores, eu tentei me livrar, num instante a vida passou.
Outros tentaram, não conseguiram se livrar, sofrimento e dor, vem pra mim e pra você.
Num instante tudo passa, quando percebi, passou.
Viveremos, até quando Deus quiser,,,,com o que vier.
Quando você me olhar, procure me ver, veja a minha dor.
Julgue corretamente, quero ver sua honestidade, quero ver o seu amor.
Quando eu partir não vou te ouvir, diga agora, fale agora.
Queria ser sábio, a sabedoria protege, sabedoria que me protegesse das dores.
Consideração e compreensão, pra mim e pra você, escudo contra as farpas.
Sabedoria, companheira protetora.
Sabedoria que está acima da incredulidade, entendimento que me faz esperar.
Sabedoria que me leve a crescer, a crer, que faça a diferença em nós.
A sabedoria me disse: Eu não livrarei você das provações, mas farei com que doam menos.
Venha bendita sabedoria do meu Deus!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Graça sem medida.

Para Aquele que contraria a razão humana,
eu direciono a minha fé.
Fé que os loucos contestam.
Fé que a maioria nunca entenderá.
Fé que me leva adiante.
Fé que mesmo contra toda lógica me deu o motivo para viver.
Fé que é conduzida pela Graça de Deus.
A força do Senhor é a Graça que está no seu amor.
O perdão que está em Sua Graça, oferece as condições para estarmos diante Dele.
Meu espírito reconhece a magnitude desta Maravilhosa Graça.
Graça que muitos agraciados não entendem.
Graça que é suficiente.
Graça multiforme.
Graça insondável.
Obrigado Senhor porque conheci a Tua Graça.
Examino e encontro dentro de mim a fé que a Graça promoveu, Aleluia!
Meu espírito reconhece as bençãos da Graça e diz: Glória!
Dedico o meu amor ao Deus único, que me ofereceu a Sua Graça.
A Jesus Cristo, Graça de Deus, sempre louvarei.
Todos temos recebido Graça sobre Graça. João 1:16
Aleluia!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Inversão de valores.

Medalha de honra ao mérito do rancor.
Um brinde ao ódio.
Palmas para as desavenças.
Elogios aos desentendimentos e contrariedades.
Para as discussões sejam os louros.
E todos os méritos para o inimigo, sempre conseguindo matar, roubar e destruir.
O ser mais abominável e perverso é o crente relaxado.
O que tem ajuda e exemplo, mas não muda.
É espantoso o número de crentes que causam dor.
Penso as minhas feridas e a de outros, delas retiro as doloridas farpas untadas com as sutilezas da ironia daqueles que dizem...amar.
Lágrimas secam, secam-se também as esperanças.
O desinteresse impõe o seu ritmo maldito dentro das igrejas.
Nem o servo de Deus mais perseverante vence a má vontade de um corpo enfermo por não ouvir o Mestre.
O ser humano e os seus dúbios interesses continuam afrontando a causa do Senhor.
Servir a Deus é aliviar o sofrimento das pessoas, e não fazê-las ainda mais infelizes.
Quer ser feliz?. Escute a voz do Senhor e amadureça, ninguém é feliz só contemplando a vida numa insistente utopia.
Buscar a felicidade é um árduo trabalho; doar-se.
O amor de Deus nos aponta o caminho da felicidade, onde a abnegação é realizável.
Onde a palavra amor não faz parte somente da retórica.
Entender isto e colocar em prática, é o começo da verdadeira vida cristã.
Nenhum crente verdadeiro cuida somente da sua própria vida.
Hipocrisia é estar sempre em busca de algo e não colocar em prática o que já se sabe em relação a Deus.
Dentro das igrejas vemos a insatisfação e a falta de sabedoria que impedem a paz.
Vidas mesquinhas e apáticas, mãos tendenciosas no exercício da justiça.
Na casa de Deus, toda a sorte de atitudes que O negam.
Onde está o tão pregado e exaltado amor?
Até quando nos dirão: Paz!....quando na verdade nos oferecem jugo.
Quando cresceremos, até quando adiaremos viver as atitudes do Servo Fiel?
Enquanto isto o maltrato segue cobrando o seu salário....
E o Senhor em sua justa longanimidade espera oferecendo o Seu amor e graça.
Para os fiéis o Senhor tem confirmado nos corações a Sua paz.
Paz, almejada paz, insubstituível paz, alcançável paz.
Abençoadora paz do meu Deus. Aleluia!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Tempo de colheita.

Quando você planta algo é na esperança de que a semente um dia venha a florescer e a dar frutos.
Frutos estes que no seu tempo e na estação correta começarão a brotar.
Aquele que planta tem de aprender a esperar.
Assim deve acontecer com a oração do crente, pedimos hoje e aguardamos o tempo de Deus.
O Senhor tem a estação e tempo certos, que obedecem a Sua Onisciência.
Não devemos pedir a Deus que mude as estações, só porque a nossa ansiedade quer ver logo os frutos.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Ao Deus que ouve.

Senhor Deus, meu Deus.
Minha esperança esta em Ti sempre.
Toda ela esta em Ti.
Meu íntimo Te busca.
Com anseio intercedo e me volto para Ti.
Chamo à atenção do Senhor para estes que direciono a intercessão.
Marejados e cansados, meus olhos Te buscam.
É impossível dizer o quanto espero no Senhor.
É improvável que eu consiga colocar em palavras as nuances da aflição.
Somente a Tua sensibilidade pode me entender.
Meu espírito sabe que tem encontrado conforto em Ti. Aleluia por isto!
Tudo que há em mim esta voltado para Ti.
A esperança me disse com todo o amor: Confie!
Esperarei o melhor do Senhor sempre.
As forças tendem a fraquejar e me trair, mas esperarei.
Confiarei no Senhor que me atrai com uma força inexplicável.
Na força do Seu amor eu creio, só sei que creio.
A angústia espreita, mas consigo dizer: Glórias a Ti.
O choro me assedia, mas consigo expressar gratidão ao Senhor, meu Deus.
Posso parecer confuso, mas o Senhor sabe que meu amor é todo Teu .
Me sinto miserávelmente fraco, mas me volto para o Senhor.
Minhas mãos oscilantes buscam equilíbrio, e Lhe estendo as mãos.
Minha vida ainda há de glorificá-lo perfeitamente.
Meus olhos O verão, minha boca O louvará perpétuamente, para Ti viverei.
Quanta riqueza neste Valor Eterno, meu Deus.
Vida que gera o sustento da vida, conforto dos que O esperam.
Deus único, Vida preciosa e adorada. Meu Deus.
Ao Senhor que me ouve, eu digo,,,,,,

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Gabriela, minha neta.

Pureza, perfeição, meiguice.
Expressão e Graça do amor do meu Deus.
Lembro do relacionamento com meus filhos quando eram pequenos, olho minha neta e penso.
Considero e valorizo a inocência de uma forma especial.
A criança com o seu espírito desarmado e espontâneo, nos da uma idéia de como seria o mundo sem a maldade, sem malícias.
É maravilhoso observar um bebê envolvido em sua mais tenra e pura inocência.
Observar um bebê é ter uma mostra do projeto perfeito da criação do Pai.
Nada neste mundo poderia ser mais sublime.
A beleza, a ternura, tudo o que é bom e belo vê-se na vida dos pequeninos.
Começamos a ter uma idéia da benignidade de Deus naquilo que está concentrado na pessoa de um bebê.
Olhar uma criança envolvida em seu mundo de paz, me da a certeza maravilhosa de que um mundo melhor existe e virá.
Sentir a delicadeza de um bebê, é ter o privilégio de participar do melhor que a vida pode oferecer.
Louvado seja o Senhor por nos permitir viver momentos incomparáveis como estes.
Por sua natureza pura, a criança é o centro dos afetos de Deus.
Gabriela, maravilhosamente pura, te amo; você emana o aroma suave do amor do Pai.
Ao Grande Construtor e Criador de vidas, eu louvo.
Deus, eu te admiro, me prostro e te adoro neste reconhecimento de que És incomparável em tudo o que fazes.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Espera.

Minha espectativa está em Deus.
Não há outro em quem se pode esperar.
Saber isto é uma benção, é o começo.
A conversão rápida ou não, é só o começo.
Jesus esperou em sua contagem regressiva.
Não deve ter sido um boa espectativa, esperar.
Para alcançar o propósito, todos temos nossa contagem.
Tempo, pode ser cruel, caminhar; chegarei lá!
Meu Senhor esperou, sofreu e perseverou no objetivo.
Pedirei forças para perseverar.
Continuarei clamando nesta intercessão.
Quisera eu não culpar a Deus.
Quisera eu saber que aqui, bem dentro de mim existisse a fé que isentasse Deus da culpa de toda e qualquer contrariedade por que tenho passado; mas o pecado que há em mim tenta colocar uma meia culpa em Deus; injustiça !
O Senhor Deus e seus caminhos, como saber ?
Procuro desejar aquilo que Deus aprova; temor.
Intercedo de acordo com a vontade Dele; mas a paciência......
Muitas coisas não estão saindo como eu esperava pela fé, fico me perguntando....
Quanta dificuldade, não procurem me confortar; eu sei !
São as minhas emoções brigando com o espírito que Deus está transformando.
Dentro de mim digo para minha fé: Fique firme!
Mas também dentro de mim algo busca explicações.
Ir vivendo, então é isso, ir vivendo ?
Culpa, inocência; socorro Deus!
Eu, este cego me agarro a Ti.
Tua benção é vital.
Em nome de Jesus esperarei. Amém !

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Notícias da Igreja Bola de Neve.

Mês de Abril, estamos de mudança, a ex casa de show Olympia na Rua Clélia foi alugada e é o novo endereço, antes servia ao satanás, agora irá glorificar a Deus.
.......
No dia 22 março realizamos 430 batismos, fruto das diversas frentes de trabalho.
.......
Domingo dia 28 de março, o pastor Yogush nos contou que no mês passado pregou na igreja Bola de Neve do Rio de Janeiro.
Yogush nos disse que no meio da pregação as pessoas tiveram um comportamento diferente, se mexiam bastante e gesticulavam, ele logo deduziu que estava caindo fogo do céu com a sua pregação, Ô decantalabaiassssssss ..kkkkkkkkkk
Mas quando Yogush olhou para trás viu andando na fiação do púlpito uma fileira de ratos enormes. kkkkkkkkkkkkkk
.......
Domingo dia 28 de março, eu estava com toda a minha familia na igreja, na hora do louvor minha neta Gabriela de 1 ano e meio estava no meu colo, enquanto o povo cantava com os braços levantados minha neta levantou os dois braçinhos e sorriu, creio que o Senhor fica muito feliz com estas coisas.
.......
Mundo dos esportes.
Sábado dia 3 de abril tem a corrida de Aleluia em São Roque, Débora Peres estará representando a Bola de Neve neste evento.
.......
Pedido de doação de púlpitos.
Quem tiver pranchas usadas favor nos procurar na sede da Rua Turiassú.
Se tiver nova é melhor ..kkkkk
.......
Pedidos de oração.
Orem pela Bola de Neve, pelos líderes e pastores, pelas diversas frentes de trabalho no Brasil e no exterior ( temos trabalho na Rússia e Hawaí entre outros), pelos novos convertidos, pelo trabalho com drogados, favelados, pela casa das ex-prostitutas que a igreja sustenta, pelos milhares de jovens que buscam ao Senhor em nossa igreja, entre eles os meus filhos Lucimeire, Cristina e Gabriel.
.......
Que o Senhor em Sua infinita Misericórdia e Graça nos ajude a agir com misericórdia.
Aleluia! Glória a Deus! Amém!

terça-feira, 23 de março de 2010

Ana Lúcia e Gerson.

Gerson tinha uma vida equilibrada, confeiteiro de profissão, bom pai, bom marido.
Conheceu a Graça do Senhor Jesus no inicio do seu casamento e a nova vida em Cristo lhe apontou o caminho que deveria dirigir a família.
Sua esposa Ana Lúcia, Testemunha de Jeová, se opôs com veemência, e durante os 16 anos seguintes do seu casamento Gerson ouvia de sua esposa que o único céu que ele iria conhecer era o céu da boca do diabo.
Gerson perseverou e criou os dois filhos Julio e Roberto na igreja, comprou uma bíblia para cada um, e todos os domingos arrumava as crianças e de mãos dadas percorriam as ruas do bairro até a Igreja Batista.
Os anos passaram; Gerson procurava tratar sua esposa da melhor forma possível, e com o seu testemunho firme e sóbrio foi tocando no coração de Ana Lúcia.
No ano de 1990 Ana foi tocada de vez pela fé que Gerson externava e quis conhecer as razões que o levavam a ser tão convicto.
Gerson e Ana conversaram longamente sobre 1João 5:20 : "Sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna".
Naquela mesma noite de 18 de setembro de 1990, Ana entregou a sua vida para o Senhor Jesus.
Gerson reuniu a família e fizeram o primeiro culto doméstico, agradeceram ao Senhor porque agora estavam todos na mesma fé, Gerson chorou de alegria por ter sido usado na conversão de sua esposa; e desde então tudo o que Ana tem feito é viver para glorificar a Deus.
Ana foi prisioneira da Torre de Vigia por 30 anos; e como se eu representasse todos os servos de Deus da face da terra, ela me pediu desculpas por ficar tanto tempo ironizando e falando mal dos irmãos.
Gerson alcançou a posição de diácono, pregador e evangelista, e assim a vida foi passando abençoada e favorável.
Dezembro de 2009.
Tudo aconteceu muito rápido, Gerson e Ana conversavam logo após o jantar quando chegaram correndo para avisar o casal que próximo dali tentaram assaltar Roberto, o filho mais novo deles de 23 anos.
Gerson e Ana correram e quando chegaram ao local tiveram a visão mais estarrecedora de suas vidas, Roberto estava caido em meio a uma poça de sangue com dois tiros no peito, um pacote de pão no meio do sangue e um pãozinho na mão direita, Roberto tinha ido na padaria e ao voltar encontrou a morte por não ter mais que uns trocados no bolso.
Muitas coisas passaram pelos pensamentos de Gerson e Ana, os porquês, perguntas que nenhum de nós saberia responder de maneira satisfatória, a maldade alcançou aquela vida, nenhuma palavra pode trazer alento para os corações dilacerados dos pais pela perda de um filho nestas condições, nenhuma palavra de conforto consegue amenizar a visão de um filho agonizando no meio do asfalto, todo ensanguentado com um pedaço de pão nas mãos.
Ana, exemplo de amor ao Senhor em meio as dores.
Ana me disse que jamais conseguiria suportar esta dor se não soubesse que seu filho estava salvo em Cristo Jesus, disse que agradecia a Deus pela vida de seu esposo que durante tantos anos perseverou sozinho em criar os filhos no caminho do Senhor, e dentro do possível e crendo na salvação de Roberto tem buscado no Senhor as forças para o dia a dia.
Ana pediu-me que fosse falar com Gerson, encontrei um homem com o coração destroçado pela visão do filho estirado naquele asfalto, e posso dizer que aquele homem estava se arrastando numa travessia sufocante pelo deserto da dor.
Por algum motivo Gerson ficou mais fragilizado, mas encontrou em Ana uma fé inabalável, encontrou palavras de esperança, encontrou em Ana o exemplo de uma verdadeira serva de Deus que não permitiu que o satanás fizesse mais estragos na família do que já havia feito.
Devagar mas com convicção, Gerson tem voltado as atividades da igreja.
Conversei com Ana, enquanto falávamos as lágrimas lhe escorriam pelo rosto.
Ana, sua aparência frágil não denota a grande mulher que é, o que vi foi um maravilhoso testemunho de fé, que mesmo em meio a dor não esmoreceu.
Ana agradecia ao Senhor por ter conhecido a Sua Graça, e me disse que agora falará ainda mais de Jesus, porque deseja combater o mal com todas as suas forças.
Tenho a felicidade de conhecer muitos servos fiéis ao Senhor, e com estes acontecimentos tive a honra de conhecer mais de perto estes dois irmãos.
Gerson e Ana Lúcia, servos de Deus no meio desta geração perversa e maligna.
......
Malaquias 3:16a18
Então, os que temiam ao Senhor falavam uns aos outros; o Senhor atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante Dele para os que temem ao Senhor e para os que se lembram do Seu nome.
Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que prepararei, diz o Senhor, poupá-los-ei como um homem poupa o filho que o serve.
Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve.
Amém!

quinta-feira, 11 de março de 2010

Meu Deus.

Meu Deus.
Falar isto é tão bom, traz um sentimento de segurança, uma gostosa satisfação.
Preenche o vazio da alma, é o que importa de verdade.
Põe o que faltava em meu espírito, me anima e me revive.
Traz paz, acalenta meus sentimentos, da o rumo ao meu ser.
Diferencia e amplia minha visão.
Me mostra que o Senhor me alcançou, o quanto tem feito por mim.
Meu Deus.
Fez toda a diferença, me buscou e me pôs de pé.
Me mostrou a nova direção, me deu a chance, me renovou.
Sutilmente e com amor, agiu.
Marcou e me deu um novo tempo, me convenceu com delicadeza.
Meu Deus.
Amor que ensina, puro amor.
Amor que suportou, amor que conheci.
Amor que me deu, amor que recebi.
Amor que mudou a minha vida.
Amor, santo amor, do meu Deus.

terça-feira, 2 de março de 2010

Consciência

Luta difícil esta, a de travar discussão com a consciência.
Muitas vezes ela tem razão, mas as vezes desconfio de suas tendências.
Algumas vezes eu a pego tão distraída que concluo que não posso confiar nela.
Em certas ocasiões ela está tão convicta que tenho de ceder.
Confesso que muitas vezes tentei ludibriá- la, mas depois me senti culpado.
Algumas vezes decidi desprezá- la, mas também cheguei à conclusão,de que a sua paciência merecia respeito.
Outras vezes pensei que ela estava enferma, porém percebi que ela estava somente triste por eu não considerá- la, não ouví- la.
Depois de pensar e analisar o andamento das coisas, me senti um tolo, estava lutando contra alguém que durante todo o tempo está tentando polir, dirigir, aperfeiçoar, e me salvar dos ímpetos do meu ser.
No fim das considerações entendi que ter a mente de Cristo, é ter as atitudes de uma consciência pura diante de Deus, "sem a qual ninguém verá ao Senhor".
Crentes sinceros e piedosos de todo o mundo já mostraram em suas experiências, que a partir do momento em que purificaram suas consciências, suas atitudes mudaram, e a partir daí começaram a ver os milagres do Senhor.
Os crentes querem ter vitória, querem ter experiência com Deus, querem ter o poder de realizarem grandes coisas para o Senhor, mas vivem vidas medíocres em seu íntimo, e continuam querendo poder; ainda não aprenderam que a santificação começa no mais profundo do nosso ser, e os resultados irão além.
A santificação começa em nossa consciência.
A consciência aliada ao Espírito Santo é a fórmula vitoriosa da vida que glorifica ao Senhor.
.
Devemos manter a fé e a consciência limpa. Porquanto muitos, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. 1 Tim 1:19

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O beija-flor espadachim

Estava observando um lindo beija-flor.
Verde, com aquele bico curvo e comprido, sugando o néctar de uma flor.
Tão lindo e delicado, umas poucas gramas de ossinhos e penas, frágil em seu fôfo corpinho.
Até que se irou contra outro de sua espécie.
Aquele bico que o alimentava se transformou em espada.
Naquela luta feroz, o belo perdeu o encanto.
Não entendi nada, só sei que fiquei triste.
A maldade os atingiu também.
Destreza, agressividade e força, num lindo beija-flor.
Que poderoso ele deve ser no seu mundinho.
Sabemos o quão frágil é um beija-flor.
Deus nos ve como vemos um beija-flor.
Somos frágeis.
Mas, muitas vezes nos sentimos poderosos em nosso mundinho.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Bobões

...Que me perdoem os de bom gosto...e os outros também...kkkk...
.
Dias vem, dias vão
E você bobão?
Sonhos vem, sonhos vão
E você bobão?
Acredita em tudo, acredita em vão
É você bobão!
Se sente tolo, chama atenção
É você bobão!
liga pra tudo, é um chorão
Só pode ser bobão.
Implica e fala palavrão
Só pode ser bobão.
Se acha o bom mas é um durão
Vai trabalhar bobão!
É crente, crentão, sem amor no coração
É você mesmo o bobão.
Discute sem razão e não pede perdão
Larga a mão de ser bobão!
Fica perdido, perdidão
Só você bobão.
Tem bens materiais e se sente o bom
É você bobão.
Acha que é intelectual mas faz acepção
Tremendo bobão.
Profetiza e faz revelações que o Senhor não mandou
Mentiroso e bobão!
É boca murmuradora e maledicente
Cuidado bobão!
É crentão mas acha bom quando um pecador se lasca
Aprenda o que é amor, bobão!
Deus te ama e deseja a tua mudança
deixa de ser bobão!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Dionisio Tollin Mamane.

Dezembro de 2005.
Aquela quinta feira amanheceu chuvosa, pensava no trânsito que enfrentaria enquanto me arrumava para o trabalho.
Por volta das 8:30 o telefone tocou, era a irmã Odete do Ministério hispânico.
O Ministério hispânico na Igreja Evangélica Batista de Casa Verde (terceira Igreja Batista em São Paulo), teve início em setembro de 1998.
Irmã Odete era uma das fiéis nesta obra, quando me telefonou estava com Guadalupe em sua casa.
A jovem chilena de 23 anos estava aflita porque o seu marido Dionisio estava internado no Hospital da Cachoeirinha com grave tuberculose.
Faziam dias que os médicos se esforçavam, mas as punções para a retirada da secreção dos pulmões não surtiam efeito, as chapas sempre mostravam os pulmões brancos pela inflamação.
Dionisio e Guadalupe tinham um filhinho, o pequeno Melvin, eles frequentavam o trabalho hispânico em nossa igreja.
Guadalupe estava na casa da irmã Odete pedindo que fôssemos orar por seu marido.
Imediatamente mudei os planos para aquele dia e me prontifiquei para fazer o que o Senhor desejasse.
Chegamos no hospital, na ala dos tuberculosos.
Eu, irmã Odete e Guadalupe entramos no quarto; Dionisio tinha acabado de voltar de mais uma sessão de drenagem dos pulmões para poder respirar melhor; sua pele morena agora estava amarela.
Dionisio tinha um grande curativo do lado direito da costela, era o lugar onde introduziam uma mangueira para fazer a sucção de uma mistura de sangue e catarro.
Falei em particular com o médico, ele me disse que Dionisio demorou muito para procurar ajuda, que seu organismo debilitado não reagia, o médico falou que o paciente estava sufocando pela grande quantidade de líquidos que se formava em seus pulmões, e a insuficiência respiratória prejudicava o coração.
Conversei com Dionisio, ele sabia da gravidade de seu estado.
Dionisio se esforçou e com a voz bem fraca me disse: Hermano yo no puedo morir, tengo que trabajar, somos extranjeros y no tenemos nada, lejos estamos de todos, tengo mujer y uno hijito pequeño, tengo que cuidar de ellos. Pida al Señor, Él puede me sanar.
Por uns instantes passaram por minha mente os momentos de convivência na igreja em que Dionisio, Guadalupe e eu ríamos quando eles corrigiam os meus erros de espanhol, e Melvin junto com as outras crianças vinham me abraçar e beijar na saída dos cultos.
Abri a bíblia na versão de Casidoro de Reina e li o Salmo 33:20.
Nuestra alma espera al Señor; nuestra ayuda e escudo es Él. Por tanto, en Él se alegrará nuestro corazón, porque en Su santo nombre hemos confiado. Sea Tu misericórdia, oh Dios, sobre nosotros, según esperamos en Ti.
Coloquei a mão com um pouco de óleo sobre o peito de Dionisio e orei dizendo: Que seja para a Tua glória o que Te pedimos agora Senhor Jesus; que este óleo represente as Tuas mãos limpando totalmente os pulmões deste jovem.
Quando abri os olhos, vi um largo sorriso em Dionisio, ele dizia; Yo sé, yo creo!
Deixamos o hospital sorrindo e confiantes.
Isto ocorreu na quinta pela manhã; na sexta a irmã Odete deixou um recado me avisando que estava acompanhando Guadalupe até o hospital, Dionisio estava de alta.
Adorei a Deus, e ao mesmo tempo que chorava eu dizia ao Senhor: Te agradeço por poder ser um vaso para a Tua honra Senhor Jesus, Aleluia!
Os médicos fizeram os exames e para surpresa deles, constataram que os pulmões de Dionisio estavam limpinhos e sem a presença do bacilo da tuberculose.
Domingo de manhã.
Encontrei Dionisio, Guadalupe e Melvin na porta da igreja, foram os primeiros a chegar, me esperavam sorridentes. Nada poderia ter sido melhor que começar o domingo daquela forma.
Donisio falava sem parar: Yo sabia, yo creía, gracias a Dios; quiero dar mi testimonio.
As 9 horas o salão onde fazíamos o trabalho estava repleto de uma mescla de quéchuas, aimarás, chilenos, bolivianos e peruanos.
Dionisio ficou na frente do povo com sua família, deu o seu testemunho detalhando os dias de sofrimento, do medo que estava em deixar a família desamparada e como se restabeleceu milagrosamente no nome de Jesus; e com toda a convicção animava o povo a confiar ainda mais no Senhor. Naquele dia em especial, houveram muitas conversões.
Enquanto ele falava eu agradecia a Deus por ver os três abraçados, juntos lá na frente em paz e muito felizes. Assim o Senhor nos unia cada vez mais pelos laços do amor.
Depois do testemunho todos cantamos: Aleluia, aun que somos indignos nuestro Dios presta oídos a nosotros, rebosanos de amor y gratitud, aleja la aflicción y escucha a los humildes. Aleluia!
.
O Senhor é bom.
É benção aos que lhe servem glorificar os Seus feitos.
Que todos os que O amam ocupem o melhor de si para exaltar o Seu amor.
Ao Único, Grande e acessível Deus: Glória para sempre. Aleluia! Amém!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Incompreendido Deus.

Deus, incompreendido Deus.
As bençãos são incontáveis, não se pode negar, lutas diárias aqui e ali existem.
Os problemas querem e tem poder para me abalar.
Desejam me destruir e enfraquecer o que tem de resistência em mim.
São pequenas farpas, agudas, que incomodam muito e não me deixam esquecer que estão ali.
A impotência me mostra o quanto sou limitado.
Os problemas me fazem lembrar que sou frágil.
Acontecimentos desagradáveis me incitam contra Deus.
Penso: Porque a demora?
As contrariedades querem me jogar contra o Senhor.
E agora, saberei agir, conseguirei, em que proporção?
Que ninguém me venha com suas fórmulas.
A esperança que a fé alimenta é meu maior desejo.
Que ninguém queira que eu seja forte, eu não sou.
Já é um milagre eu esperar em Deus.
Com as forças que tenho mal consigo me agarrar a Ele.
Que ninguém com suas críticas venham acrescentar mais dor em mim.
Já estou bastante machucado, serei poupado?
De qualquer forma já estou cheio de sequelas, nesta briga encarniçada, cicatrizes.
Causei ferimentos e fui ferido, pecado maldito, ninguém foi poupado.
Deus, restabeleça rápido a ordem das coisas.
É o que espero, em Ti esperarei, Amém!.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Ele me ajudou

Ele me ajudou.
O futuro está diante de mim.
Os dias passados, sei, uns foram bons, poucos ótimos, uns foram ruins, outros péssimos.
Pensei em desistir, mas desistir de que, ir onde?
Numa espécie de loucura quiz morrer.
Um tempo quiz viver sem Deus, pensei que pudesse ir levando a vida e simplesmente ir vivendo
Mas o Todo-Poderoso me mostrou com todo o amor que eu não poderia viver sem Ele.
Meus pensamentos contaminados pelo pecado estavam me enganando, e quanto mais eu queria viver minha própria vida sem Deus, mais Ele me mostrava que não seria possível; e com amor esperou.
Machucado e ferido me prostrei diante de Deus, meu coração estava cansado, Ele sabia o que ia dentro de mim.
Estava falido mas não fui desprezado, um mixto de arrependimento e total impotência é o que eu era, falido em todos os sentidos.
Estávamos eu e Ele, e Ele me amou, sempre me amou, enfim reconheci; Ele sempre me amou.
Senhor, muitas vezes a minha ignorância não quiz me deixar ver a Tua grandeza; mas o Senhor é grande.
Pela grandeza que está em Seu amor eu Te louvo; meu Deus !

sábado, 23 de janeiro de 2010

O corpo aleijado de Cristo

O ser humano é a expressão máxima de tudo que Deus criou, fomos feitos a imagem e semelhança do Criador.
Mas, o homem sofre com suas próprias misérias e ignorâncias, sofre porque faz outros sofrerem.
Fico triste por ver muitos líderes querendo se sobrepujar e ter poder sobre os irmãos na ânsia de exercer a sua autoridade eclesiástica com mãos de ferro; trazem em si o resultado do pecado.
Deus não nos humilha , não faz acepção.
O que tenho visto, com muita tristeza, é que pessoas crentes que tem o ensino de amar ao próximo, vivem dentro das igrejas querendo apedrejar pecadores.
A bíblia diz que o dom supremo é o amor, nada somos se agirmos sem ele.
Os irmãos são exímios examinadores dos erros alheios, são duríssimos ao decretar o castigo que merecem "Aqueles Pecadores", mas são brandos consigo mesmos.
Homens me feriram, muitas pedras me jogaram, pedras grandes e pequenas; as pequeninas pedras também causam muita dor.
Mas fui acolhido pelo amor verdadeiro, fui acolhido, cuidado e amado por Jesus.
Os homens querem transformar a graça em meia graça, ou em desgraça mesmo; aprendi com eles o quanto as pedras podem machucar.
Aprendi com Jesus o quanto a Graça que está em Seu amor pode restaurar.
Imagino quando aprenderemos a ter misericórdia.
Me parece que Jesus que é O cabeça tem de viver com um corpo todo extropiado.
Mas a igreja é o seu corpo; o Senhor pede que busquemos a perfeição para que Ele não precise conviver num corpo todo aleijado e sofrível; Ele já fez a Sua parte para vivermos a eternidade sem apedrejamentos, basta-nos obedece-Lo.
Jesus e a sua obra restauradora fará do seu corpo algo novo.
O cabeça precisa ter um corpo apropriado.
Jesus, o cabeça da igreja. Glórias a esta maravilhosa liderança !

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Sarah Flower Adams.

Mais Perto.
Cantor Cristão 283.
.
Mais perto quero estar
meu Deus de Ti
inda que seja a dor
que me una a Ti.

Andando triste aqui na solidão
paz e descanso a mim
Teus braços dão.

Minha alma cantará a Ti Senhor
cheia de gratidão por Teu amor.

E quando a morte enfim
me vier chamar
com serafins nos céus irei morar
então me alegrarei perto de Ti meu Deus.

Sempre hei de suplicar
mais perto quero estar
meu Deus de Ti.
.
.
Sarah Flower Adams 1805-1848
Sarah compôs esta letra com 36 anos, 7 anos depois faleceu maltratada pela tuberculose.
Por esta letra e pela vida sofrida que teve, sabemos que Sarah não teve uma vida fácil, mas glorificou a Deus.
Quantas e quantas vezes deveríamos levar em conta vidas como as de Sarah, mas desanimamos, e por longos momentos fraquejamos na fé.
Sarah nos deixou o seu exemplo de esperança, perseverança e fé.
Ao Único Senhor e Deus que nos trouxe a esperança verdadeira: Amor, glória e louvor para sempre. Aleluia!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Fragilidade e fé.

Deus, injustiçado Deus.
Quando as coisas não vão bem
Quando pensamos porque Deus permitiu?
Quando questionamos se Deus está mesmo prestando atenção
Quando duvidamos se tem alguém ouvindo nossa oração
Deus se importa com todos os detalhes da minha vida?
Porque o missionário teve que morrer tão jovem e doente?
Porque o ônibus daquela excursão de crentes bateu e matou o povo?
Porque os jovens crentes tem tanta dificuldade pra se casar no Senhor?
Porque tanta dificuldade pra se viver uma vida simples e de paz?
Porque tantas intempéries?
Porque viver a cada instante provando a nossa fé?
Porque muitas vezes Deus parece estar tão distante?
Poque muitas vezes parece que Ele nem estava lá?
Porque muitas vezes tenho que viver no limite da fé?
Minha carne me diz que ser provado não é bom
MAS
Como negar a existência de Deus?
Como negar que Ele é o único caminho e esperança viva?
Como negar se o meu espírito me diz que pertenço a Ele?
Como negar que aqui bem dentro de mim algo me dá a certeza que posso contar com Ele?
Como negar, se num momento crucial da minha vida Deus estava lá
Como deixar de crer Nele, eu O tenho conhecido
Não sou capaz de amá-Lo como gostaria ou deveria
Não sou capaz de ser fiel Aquele que é tudo para mim
Quanta decepção tenho causado
Minha esperança está no amor Dele
Neste amor esperarei
O louvor e o amor sejam eternamente Teus meu Deus.
Aleluia! Amém!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

2010 Esperança na intercessão.

É impossível, é impossível
Um fiozinho de fé me impulsiona a esperar o impossível
Como fazer com que creiam ?
Como colocar dentro dos corações o que sinto ?
Deus justo e amoroso
As pessoas estão Te buscando
Sou testemunha em ver que estão Te procurando
Senhor Santo, honestamente
Sem a tua ajuda ninguém te encontrará
É impossível, totalmente impossível
Não posso culpar o cego por não ver
Intercedo para que o Senhor os faça ver
Só o Senhor pode fazer isto
Não posso culpá-los
Eu era cego
Hoje sei que era cego e conheço a Tua misericórdia
Suplico a favor daqueles que de alguma forma Te buscam
Suplico por aqueles que são hoje aquilo que fui no passado
Um dia andei longe do Teu caminho
Estava totalmente cego até que o Senhor me fez ver
O senhor sabe, eu sei, que desde então tudo mudou
Suplico pelas famílias, pelos jovens, pelos velhos, pelas pessoas que estão perdidas dentro e fora das igrejas
Deus, a decisão está em Tuas mãos
Desejo e intercedo pelos corações que andam às cegas
Ajude-os a conhecer a Tua Graça
Peço este milagre
Aperfeiçoe a minha, e toda a intercessão do teu povo para a Tua glória
Senhor, esperarei sempre por Tua misericórdia
Sua misericórdia alimenta a minha esperança
Pela esperança que tenho, Te louvo.