quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Incompreendido Deus.

Deus, incompreendido Deus.
As bençãos são incontáveis, não se pode negar, lutas diárias aqui e ali existem.
Os problemas querem e tem poder para me abalar.
Desejam me destruir e enfraquecer o que tem de resistência em mim.
São pequenas farpas, agudas, que incomodam muito e não me deixam esquecer que estão ali.
A impotência me mostra o quanto sou limitado.
Os problemas me fazem lembrar que sou frágil.
Acontecimentos desagradáveis me incitam contra Deus.
Penso: Porque a demora?
As contrariedades querem me jogar contra o Senhor.
E agora, saberei agir, conseguirei, em que proporção?
Que ninguém me venha com suas fórmulas.
A esperança que a fé alimenta é meu maior desejo.
Que ninguém queira que eu seja forte, eu não sou.
Já é um milagre eu esperar em Deus.
Com as forças que tenho mal consigo me agarrar a Ele.
Que ninguém com suas críticas venham acrescentar mais dor em mim.
Já estou bastante machucado, serei poupado?
De qualquer forma já estou cheio de sequelas, nesta briga encarniçada, cicatrizes.
Causei ferimentos e fui ferido, pecado maldito, ninguém foi poupado.
Deus, restabeleça rápido a ordem das coisas.
É o que espero, em Ti esperarei, Amém!.

4 comentários:

  1. Olá, Peres. Obrigado pelas palavras. Tem sido muito bom este contato com vc e outros irmãos que tem feito uma verdadeira comunidade. Li seu último texto ao lado da Ana e ela logo olhou pra mim e falou alguma coisa porque sabia que eu iria me identificar por causa do meu momento de vida. É isso aí irmão. O leito do nosso rio tem que canalizar pra Ele mesmo e levar junto as nossas águas com a cor e o sabor que elas têm . Sabemos que as correntes daquEle que tem o rio de águas vivas são poderosas e cristalinas para transformar nossas águas.
    Ana manda um abração pra vc , e eu não poderia deixar de falar-lhe pessoalmente já que vc é tão considerado pela nossa "mulher cristã", Vlw?
    Um abraço!
    Edson Moreno.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu já te disse que vc é um salmista?
    Esse texto mostra um sofrimento, uma ansiedade, porém de uma forma poética muito bonita.
    Meu irmão, não queira fórmulas mesmo, elas não funcionam.
    Que venha sobre tua vida uma revelação ímpar e pessoal dentro daquilo que vc espera no Senhor.

    ResponderExcluir
  4. Muitas vezes a nossa relação com o Senhor fica por um fio. Não dá para explicar os sofrimentos, ansiedades, angústias, indecisões, tentações insuportáveis, parece que Ele não nem liga mais para a gente. Ele tem assuntos mais importantes para se preocupar, e esses "mortais" não merecem Sua atenção. São mistérios de Deus difíceis de entender? Ou somos mimados demais????

    ResponderExcluir